Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Proton 6.3-8 lançado com suporte a Marvel’s Guardians of the Galaxy, Mass Effect Legendary Edition

Foi lançado o Proton 6.3-8 com suporte a Marvel’s Guardians of the Galaxy, Mass Effect Legendary Edition, e muito mais. Confira as novidades e veja como usar o recurso.

O Proton é um importante recurso que permite que você execute aplicativos de jogos que estão disponíveis apenas para o Windows diretamente no cliente Linux Steam.

Esse software inclui a implementação do DirectX 10/11 (baseado no DXVK) e 12 (baseado no vkd3d), trabalhando através da tradução de chamadas do DirectX para a Vulkan API, fornece suporte aprimorado para controladores de jogos e capacidade de usar o modo de tela cheia, independentemente das resoluções de tela suportadas em jogos.

Como os desenvolvimentos do projeto são distribuídos sob a licença BSD, assim que ficam prontas, as alterações desenvolvidas no Proton são transferidas para o projeto original do Wine e projetos relacionados, como DXVK e vkd3d.

Isso fornece suporte aprimorado para controladores de jogos e a capacidade de usar o modo de tela cheia independentemente nos jogos. Para aumentar o desempenho de jogos de multiprocessamento, os mecanismos “esync” (Eventfd Synchronization) e “futex/fsync” são suportados.

Já se passaram quase dois meses desde o lançamento do Proton 6.3-7 e duas semanas desde o 6.3-8 RC, enquanto esta noite o lançamento estável do Proton 6.3-8 foi liberado para capacitar o Steam Play da Valve na execução de jogos do Windows no Linux.

Novidades do Proton 6.3-8

Proton 6.3-8 lançado com suporte a Marvel’s Guardians of the Galaxy, Mass Effect Legendary Edition
Proton 6.3-8 lançado com suporte a Marvel’s Guardians of the Galaxy, Mass Effect Legendary Edition

Com o Proton 6.3-8 vem suporte para muitos outros jogos do Windows agora rodando bem no Linux. A lista oficial de jogos conhecidos que funcionam com a atualização Proton 6.3-8 inclui:

  • Age of Empires 4
  • Assassin’s Creed
  • Breath of Death VI
  • Call of Duty: Black Ops II singleplayer (202970)
  • DEATHLOOP
  • FIA European Truck Racing Championship
  • Fly’N
  • Game Dev Tycoon
  • Ghostbusters: The Video Game Remastered
  • GreedFall
  • Mafia II (Classic)
  • Magicka
  • Marvel’s Guardian of the Galaxy (apenas GPUs AMD)
  • Mass Effect Legendary Edition (ME1 não tem áudio funcional, consulte # 4823)
  • Monster Boy and the Cursed Kingdom
  • Monster Energy Supercross – The Official Video Game
  • Monster Energy Supercross – The Official Video Game 2
  • Nickelodeon All-Star Brawl
  • Penny Arcade’s On the Rain-Slicked Precipice of Darkness 3
  • RiMS Racing
  • The Riftbreaker
  • Sol Survivor
  • TT Isle of Man Ride on the Edge
  • TT Isle of Man Ride on the Edge 2

O Proton 6.3-8 também oferece suporte para alguns jogos BattlEye quando executado em conjunto com o cliente beta do Steam atual.

Proton 6.3-8 oferece também suporte a NVIDIA DLSS em jogos DX11/DX12 quando executado com as options PROTON_ENABLE_NVAPI=1/dxgi.nvapiHack = False, suporte para os SDKs Steamworks mais recentes e uma ampla variedade de correções.

Há também um DXVK, VKD3D-Proton e Wine-Mono atualizados como parte desta atualização do Proton.

As correções do jogo com esta versão afetam Baldur’s Gate 3, RacRoom Racing Experience, Assassin’s Creed: Odyssey, Project CARS 3, Cyberpunk 2077 e outros jogos.

Sob o capô, Proton 6.3-8 é baseado em DXVK 1.9.2, vkd3d-proton 2.5-50 e wine-mono 6.4.1.

Para saber mais sobre essa versão do Proton, acesse a nota de lançamento.

Como ativar o Proton no Steam

Você pode baixar o Proton 6.3-8 agora mesmo na página do GitHub.

No entanto, tenha em mente que você terá que compilá-lo em sua distribuição Linux para funcionar, então, se você não sabe como fazer isso, é melhor esperar que a nova versão chegue nos repositórios de software estáveis.

O Proton 6.3-5 agora deve estar disponível nas versões do Steam Play no Steam.

Se você estiver interessado em testar o que oferece o projeto Proton em sua distro Linux preferida, a única exigência a ser cumprida, é instalar a versão beta do Steam Play for Linux ou juntar-se a versão beta do Linux a partir do cliente Steam (se eles já possuem Steam instalado em seu sistema).

Para poder mudar para a versão Beta do Steam, você deve abrir o cliente Steam no seu sistema e clicar no menu Steam no canto superior esquerdo e depois em ‘Settings’ (Configurações).

Na seção ‘Account’ (Conta), você encontrará a opção de se inscrever na versão beta. Ao fazer isso e aceitar o cliente Steam, você fechará e baixará a versão beta (uma nova instalação).

No final e depois de acessar sua conta, eles retornam à mesma rota para verificar se já estão usando o Proton.
Como ativar o Proton para jogar jogos do Windows no Linux
Agora você pode instalar seus jogos como de costume, você será lembrado pela única vez que o Proton for usado para isso.

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.