Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Python 2.7 chegou ao fim da vida após 20 anos de desenvolvimento

O projeto Python anunciou que o Python 2.7 chegou ao fim da vida após 20 anos de desenvolvimento. Confira como será a aposentadoria dessa versão.

Python é uma linguagem de programação interpretada de alto nível, cuja primeira versão do Python foi lançada em 1991.

Essa linguagem possui um modelo de desenvolvimento comunitário, aberto e gerenciado pela organização sem fins lucrativos Python Software Foundation. Atualmente, o Python alcançou a versão 3.7.x.

Python 2.7 chegou ao fim da vida após 20 anos de desenvolvimento
Python 2.7 chegou ao fim da vida após 20 anos de desenvolvimento

Desde 1º de janeiro de 2020, o Python 2.7 chegou oficialmente ao fim da vida útil e não receberá mais atualizações de segurança, correções de bugs ou outras melhorias.

Python 2.7 chegou ao fim da vida após 20 anos de desenvolvimento

Lançado em 2000, o Python 2.7 é usado por desenvolvedores, administradores e profissionais de segurança há 20 anos.

Embora o Python 3 tenha sido lançado em 2006, devido ao número de usuários que continuam usando o 2.7, a equipe do Python decidiu dar suporte aos dois ramos de desenvolvimento.

Originalmente prevista para ser aposentada em 2015, a equipe de desenvolvimento decidiu postergar essa meta para 2020.

Agora, para se concentrar no Python 3 e aumentar a velocidade de seu desenvolvimento e correções de bugs, a equipe de desenvolvimento desativou o Python 2.7 e recomenda que todos os usuários atualizem para o Python 3 para continuar recebendo atualizações importantes.

“Somos voluntários que elaboram e cuidam da linguagem de programação Python. Decidimos que 1º de janeiro de 2020 será o dia em que encerraremos o Python 2. Isso significa que não iremos melhorá-lo mais depois desse dia, mesmo que alguém encontra um problema de segurança. Você deve atualizar para o Python 3 o mais rápido possível.”

O projeto Python planeja lançar mais uma versão do Python 2.7 em abril de 2020, que será seu lançamento final. Esta versão incluirá correções de bugs e segurança que foram desenvolvidas em 2019 e possivelmente posteriores, conforme determinado pelo gerente de versão, para garantir a estabilidade da versão final.

Para aqueles que precisam do Python 2.7 e não desejam atualizar seus scripts ou aplicativos, podem mudar para o PyPy, que continuará a oferecer suporte ao Python 2.7 após 2020.

Isso, no entanto, pode não ser totalmente compatível, pois os desenvolvedores externos atualizam suas bibliotecas para dar suporte ao Python 3.

Distribuições Linux e o fim da vida do Python 2.7

À medida que o Python 2.7 chega ao fim da vida útil, as distribuições Linux também estão mudando a forma como continuarão a oferecer suporte à versão herdada do Python.
 
A maioria das distribuições segue a mesma prática de adicionar pacotes atualizados para dependências e bibliotecas que suportam o Python 3.x com o objetivo final de mudar para o Python 3 como a versão padrão.

Esse processo levará algum tempo, portanto o Python 2.7 continuará sendo oferecido.

Red Hat

A Red Hat declarou que, embora a Python Software Foundation (PSF) tenha se aposentado do Python 2.7, eles continuarão a suportá-lo durante o ciclo de vida normal do RHEL.

“Só porque o PSF considera o Python 2 ‘sem suporte’, não significa que o Python 2 seja ‘sem suporte’ no RHEL.”

Para o Red Hat Enterprise Linux 8, o pacote Python 2.7 será suportado até junho de 2024. Após essa data, a Red Hat recomendará que os usuários atualizem para o Python 3, mas os clientes podem continuar usando o 2.7 de maneira auto-suportada.

“Após essa data, os clientes são encorajados a atualizar para uma versão posterior do Python, como o Python 3. Os clientes também podem continuar com o Python 2.7 como auto-suportado sem o suporte oficial da Red Hat.”

Debian e Ubuntu

Tanto o Debian quanto o Ubuntu começaram a atualizar as bibliotecas do Python 2 para seus equivalentes do Python 3 na preparação do fim da vida útil do Python 2.7.

A partir do Debian Buster (10x) e do Ubuntu 18.04 LTS, o Python 3 é a versão padrão, mas o Python 2.7 ainda estará disponível para aqueles que desejam instalá-lo.

Fedora

Como as outras distribuições, o Fedora atualizou os pacotes Python 2 para os equivalentes do Python 3. No entanto, na versão atual do Fedora 31, o Python 3.6 é a versão padrão instalada.

O Python 2.7 ainda está disponível como um pacote instalável.

Kali Linux

Como o Ubuntu, o Kali Linux segue o exemplo do Debian e começou a adicionar suporte para pacotes atualizados para o Python 3.
 
Depois que todos os pacotes e dependências forem atualizados para o Python 3, o Kali removerá o Python 2.x.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.