Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Sistema de arquivos Reiser4 será colocado na arvore do kernel 5

Michael Larabel, do site Phoronix, informou que o sistema de arquivos Reiser4 será colocado na arvore do kernel 5. Confira os detalhes dessa novidade.


Este ano marca quinze anos desde que Hans Reiser/Namesys iniciou o desenvolvimento do sistema de arquivos ReiserFS.

Sistema de arquivos Reiser4 será colocado na arvore do kernel 5
Sistema de arquivos Reiser4 será colocado na arvore do kernel 5

Para aqueles que ainda usam o sistema de arquivos Reiser4, que está fora da arvore do kernel Linux, pode ser hora de considerar alternativas como Btrfs, XFS, ZFS no Linux, F2FS, ou até mesmo os gostos de Stratis e Bcachefs.

Sistema de arquivos Reiser4 será colocado na arvore do kernel 5

Mas se você ainda estiver usando este sistema de arquivos promissor, a boa noticia é que os patches dele foram revisados ​​para funcionar com o kernel 5.x.

Ainda não há um roteiro para a chagada do Reiser4 no kernel Mainline do Linux, sem grandes empresas ou outras partes interessadas apoiando o Reiser4, mas apenas um pequeno grupo de desenvolvedores e entusiastas estão trabalhando neste sucessor do ReiserFS.

Aqueles que desejam obter o suporte Reiser4 fora da árvore para o Linux 5.0 podem encontrar o patch no SourceForge.

Criado por Hans Reiser, o sistema de arquivos Reiser4 teve sua primeira aparição e inicialmente mantido pela empresa (Namesys) para gerenciar os trabalhos do projeto.

Na época, esse sistema de arquivo esteve disponível como padrão em muitas das distribuições Linux, já que o Reiser4 foi o primeiro sistema de arquivos com suporte a ‘journaling’ (um recurso que ajuda a manter a integridade dos dados em caso de erros no sistema causados por desligamento incorreto ou determinadas falhas de hardware) incluído no núcleo Linux 2.4+.

No dia 10 de Outubro de 2006, Hans Reiser foi preso e sua condenação pelo assassinato de sua mulher no início de Setembro de 2006 saiu em 28 de Abril de 2008. Com isso, esse software promissor foi começando a ser deixado de lado aos poucos.

Era um software com grande potencial e que graças ao poder do software livre ainda tem chances de reaparecer no concorrido cenário dos sistemas de arquivos.

Eu mesmo utilizei esse sistema por alguns anos em uma empresa no passado e pude ver seu poder.

   

Em um incidente, um servidor foi desligado inadequadamente com aplicações e banco de dados ainda ativos, e depois não carregava o sistema de arquivos, e consequentemente não iniciava. Com apenas uns poucos comandos, foi possível recuperar o sistema de arquivos e voltara a usar o servidor.

Portanto, sou um dos que torcem para que o Reiser4 volte a ativa e ao kernel.

Vida longa ao Reiser4!

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade