Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Tails 4.8 lançado com o Kernel 5.6 e melhorias na segurança

E foi lançado o Tails 4.8 com o Kernel 5.6 e melhorias na segurança. Confira as novidades e descubra onde baixar a distro.

O Amnesic Incognito Live System (Tails) é um live DVD/USB baseado no Debian com o objetivo de fornecer anonimato completo da Internet para o usuário.

O produto é fornecido com vários aplicativos da Internet, incluindo navegador da Web, cliente de IRC, cliente de email e mensagem instantânea, todos pré-configurados com a segurança em mente e com todo o tráfego anonimizado.

Para conseguir isso, esse sistema incognito usa a rede Tor para dificultar o rastreamento do tráfego da Internet.

Agora, esse sistema anônimo baseado no Debian foi atualizado para o Tails 4.8.

Novidades do Tails 4.8

Tails 4.8 lançado com o Kernel 5.6 e melhorias na segurança
Tails 4.8 lançado com o Kernel 5.6 e melhorias na segurança

A versão mais recente do projeto, Tails 4.8, se concentra nas atualizações de segurança.

Tails 4.8 melhora a importação de chaves públicas do OpenPGP em formato binário do gerenciador de arquivos, corrige um problema que poderia desligar o laptop ao retomar a suspensão se o pendrive Tails USB fosse removido e sempre notifica os usuários quando o endereço MAC a falsificação falha e a interface de rede está desativada.

Nessa atualização, o Navegador não seguro vem desabilitado por padrão e o projeto esclareceu que o Navegador não seguro pode ser usado para des-anonimá-lo.

Um invasor pode explorar uma vulnerabilidade de segurança em outro aplicativo no Tails para iniciar um navegador inseguro invisível e revelar seu endereço IP, mesmo se você não estiver usando o navegador inseguro.

Por exemplo, um invasor pode explorar uma vulnerabilidade de segurança no Thunderbird enviando um e-mail de phishing que pode iniciar um navegador inseguro invisível e revelar seu endereço IP.

Tal ataque é muito improvável, mas pode ser realizado por um invasor forte, como um governo ou uma empresa de hackers.

Portanto, ao clicar na entrada Navegador não seguro no menu Aplicativos, você verá um aviso de que está desativado. Para habilitá-lo, você precisará reiniciar o Tails e ativá-lo na tela de boas-vindas e usá-lo apenas para fazer login em um captive portal.

Essa versão traz um novo recurso do Armazenamento Persistente que permite salvar suas configurações. Entretanto, este é um recurso beta.

O Tails 4.8 é fornecido com o kernel Linux 5.6, o que deve adicionar uma nova camada de suporte de hardware, especialmente ao executar o Tails em computadores com componentes mais recentes, como Wi-Fi ou gráficos.

Os aplicativos atualizados no Tail 4.8 são o navegador Web anônimo Tor Browser 9.5.1 e o cliente de e-mail e notícias Mozilla Thunderbird 68.9.0, que agora vem com o recurso Localizar na página.

Esta versão corrige muitas vulnerabilidades de segurança, por isso, você deve atualizar o mais rápido possível.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o Tails 4.8

A imagem ISO do Tails 4.8 já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Categorias Debian, Linux, Notícias, Open Source, Software livre Tags , , , , ,
Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.