Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator
Publicidade

Ubuntu 18.04 LTS usará XOrg em vez do Wayland

Will Cooke da Canonical, anunciou que, diferente do que estava programado, o Ubuntu 18.04 LTS usará XOrg em vez do servidor de exibição Wayland. Confira os detalhes dessa mudança.


O Ubuntu 17.10 foi o primeiro lançamento do Ubuntu a vir com o Wayland como servidor de exibição padrão. Por conta disso, a sessão XOrg foi colocada um pouco de lado.

Ubuntu 18.04 LTS usará XOrg em vez do Wayland
Ubuntu 18.04 LTS usará XOrg em vez do Wayland

Agora, parece que a Canonical quer dar mais segurança para o lançamento LTS (suporte a longo prazo), o Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver), pois nessa versão, a empresa decidiu usar a antiga pilha de gráficos XOrg por padrão. A Canonical cita a estabilidade e a confiabilidade de Xorg, como os principais motivos por trás da mudança.

No anúncio, Will Cooke afirmou que:

“Como estamos aproximadamente no meio do ciclo de desenvolvimento do Ubuntu 18.04, o tempo foi bom para nós revisarmos essa decisão e fazer uma chamada para saber se a Wayland é o servidor de exibição padrão correto para a Bionic. Então nós decidimos que entregaremos o Xorg por padrão, e que Wayland será uma sessão opcional disponível na tela de login”.

Ubuntu 18.04 LTS usará XOrg em vez do Wayland

É isso mesmo, o Ubuntu 18.04 LTS usará XOrg em vez do Wayland.

A decisão de colocar o Wayland no banco de trás e enviar o sistema com a pilha de gráficos Xorg por padrão no Ubuntu 18.04 LTS foi tomada, porque o compartilhamento de tela funciona bem sob o Xorg.

Software como serviços do Google Hangouts, Skype ou WebRTC, serviços de área de trabalho remota como VNC ou RDP também funcionam bem sob o Xorg, e a recuperabilidade do GNOME Shell a falhas, parece ser menos dramática sob o Xorg.

Isso foi um pouco esperado, porque o Ubuntu 18.04 é uma versão LTS, e portanto, será suportada nos próximos cinco anos com atualizações de software e segurança, e muitos usuários do Ubuntu 16.04 LTS estão na expectativa do lançamento, para atualizar suas instalações para o Bionic Beaver.

Como tal, a Canonical precisa ter certeza de que o Ubuntu 18.04 LTS é um lançamento forte e muito estável onde as coisas não quebram.

O Ubuntu 18.04 LTS será lançado em 26 de abril de 2018 e aqueles que quiserem usar o servidor de exibição da próxima geração do Wayland poderão fazer isso selecionando-o na tela de login.

A Canonical ficará com o GNOME Shell como interface de usuário padrão para o Ubuntu 18.04 LTS, e diz que um protocolo para fornecer serviços de compartilhamento de tela pode estar chegando a Wayland, mas não tão rápido quanto eles esperariam.

A antiga pilha de gráficos Xorg oferece uma opção sólida para os usuários que precisam de recursos de compartilhamento de tela, diz Will Cooke, da Canonical. Ele observou esse fato de que o Wayland oferece um ambiente muito mais seguro do que o Xorg e recomendou que os usuários o utilizem se eles não dependerem da funcionalidade de compartilhamento de tela.

Além disso, o ambiente de trabalho do GNOME parece ser muito mais estável e confiável no Xorg do que no Wayland.

A Canonical também disse que estão reavaliando o Wayland como pilha gráfica padrão para o Ubuntu 18.10, que será lançado no final de outubro deste ano.

Até então, todos os olhos estão no Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver), que será enviado com o próximo ambiente de desktop GNOME 3.28, mas usará o gerenciador de arquivos mais antigo do Nautilus 3.26, para fornecer suporte para ícones da área de trabalho.

Conheça melhor o Ubuntu 18.10

Para saber mais sobre o Ubuntu 18.10, clique nesse link.

O que está sendo falado no blog nos últimos dias


Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pin It on Pinterest

Alterar definições de privacidade