O Ubuntu 18.10 será lançado com versão mais antiga do Nautilus

Infelizmente o Ubuntu 18.10 será lançado com uma versão mais antiga do Nautilus. Entenda os motivos que levaram os desenvolvedores a fazer essa escolha.

Infelizmente o Ubuntu 18.10 será lançado com versão mais antiga do Nautilus. Entenda os motivos que levaram os desenvolvedores a fazer essa escolha.


O Ubuntu 18.04 LTS veio com a maior parte do GNOME 3.28 a bordo. Apesar disso, os desenvolvedores do sistema optaram por usar o Nautilus 3.26 como padrão.
O Ubuntu 18.10 será lançado com versão mais antiga do Nautilus
O Ubuntu 18.10 será lançado com versão mais antiga do Nautilus

Isso fazia sentido para o lançamento do LTS, já que o Nautilus 3.26 foi a última versão do gerenciador de arquivos a suportar na área de trabalho.

Infelizmente, esse hábito de usar uma versão antiga do Nautilus também se repetirá no Ubuntu 18.10.

O Ubuntu 18.10 será lançado com versão mais antiga do Nautilus

Sim. A menos que aconteça um surto inesperado de desenvolvimento de última hora (para não mencionar uma exceção de congelamento de recursos), parece que o Ubuntu 18.10 será lançado com uma versão mais antiga do Nautilus.

Essa tendência já era esperada meses atrás, por causa da preferência do Ubuntu em manter os ícones da área de trabalho (um recurso que a versão mais recente do Nautilus não fornece mais).

Esta cautela é necessária?

A decisão do GNOME de remover o suporte a ícones da área de trabalho do Nautilus 3.28 foi contenciosa e controversa. Mas é importante lembrar que a alteração não foi feita por descaso ou motivo.

Conscientes da popularidade dos ícones no desktop, o desenvolvedor da Red Hat, Carlos Soriano, vem trabalhando em uma extensão de ícones para o GNOME Shell. Esta substituição, que é parte comprometimento e parte melhoria, recentemente atingiu o beta.

É bem compreensível que os desenvolvedores só irão fazer essa substituição quando a extensão estiver suficientemente pronta para oferecer a experiência de desktop que os usuários do Ubuntu estão acostumados. Afinal, cautela nunca é demais.

Mesmo assim, não há como negar que ficar com o Nautilus 3.26 também é uma vergonha, já que vários trabalhos fantástico foram feitos no Nautilus nos últimos dois ciclos de desenvolvimento. Trabalhos que os usuários do Ubuntu irão novamente perder.

Desses trabalhos recentemente destacaram-se 5 grandes melhorias no Nautilus 3.30, como a nova barra de navegação (breadcrumb bar), ícones aprimorados de redimensionamento lógico e busca de arquivos mais rápida.

Esses grandes ajustes estão no topo dos recursos como o arquivo favouriting, que foi introduzido no Nautilus 3.28.

Nautilus no Ubuntu 18.10? Sim. Tem jeito

Felizmente, pode ser possível instalar o Nautilus do Gnome 3.30 no Ubuntu 18.10 como um aplicativo Flatpak através dos comandos abaixo.

flatpak remote-add --from gnome-apps-nightly https://sdk.gnome.org/gnome-apps-nightly.flatpakrepo
flatpak install gnome-apps-nightly org.gnome.Nautilus

Isso permitirá que você use a versão mais recente do gerenciador de arquivos junto com a versão do repositório regular, ou seja, sem substituí-lo.

É certo que o Nautilus via Flatpak não será tão integrado ao desktop Ubuntu quanto a versão padrão da distro, mas permitirá que você gerencie seus arquivos e pastas, experimente a nova interface do usuário e assim por diante.

O que está sendo falado no blog



blog comments powered by Disqus