Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Ukuu abandonou a GPL e o Ubuntu Mainline Kernel Installer tomou o seu lugar

De repente, o Ukuu abandonou a GPL e o Ubuntu Mainline Kernel Installer tomou o seu lugar. Confira como fica depois dessa mudança e veja como instalar.

Até bem pouco tempo, sempre que falávamos sobre o lançamento de uma nova versão do kernel, costumávamos mencionar o Ukuu como a melhor ferramenta para gerenciar as instalações do Ubuntu.

Infelizmente, teremos que nos acostumar e parar de fazer isso, já que seu desenvolvedor decidiu abandonar a licença GPL. Então, a partir de agora ele será pago.

Mas a comunidade Linux é muito grande e ativa, e um desenvolvedor conseguiu resgatar um fork chamado Ubuntu Mainline Kernel Installer.

Ukuu abandonou a GPL e o Ubuntu Mainline Kernel Installer tomou o seu lugar

Ukuu abandonou a GPL e o Ubuntu Mainline Kernel Installer tomou o seu lugar
Ukuu abandonou a GPL e o Ubuntu Mainline Kernel Installer tomou o seu lugar

Como lemos na página GitHub do projeto, Ubuntu Mainline Kernel Installer é praticamente o mesmo que “Ubuntu Kernel Update Utility” (Ukuu), ou melhor, o que era, porque tem o mesmo propósito e seu uso ainda é gratuito.

Mas, além disso, seu desenvolvedor incluiu algumas melhorias que detalharemos após o corte, junto com uma lista de funções que já estavam disponíveis no agora pago Ukuu.

Recursos do instalador do kernel principal do Ubuntu:

  • Obtém a lista de kernels disponíveis no Ubuntu Mainline PPA.
  • Opcionalmente, observa e exibe notificações quando uma nova atualização do kernel estiver disponível.
  • Baixa e instala pacotes automaticamente.
  • Mostra os kernels disponíveis e instalados convenientemente.
  • Instala/remoe kernels da GUI.
  • Para cada kernel, pacotes relacionados (cabeçalhos e módulos) são instalados ou removidos ao mesmo tempo

Melhorias em comparação com a última versão GPL do Ukuu:

  • O nome foi alterado de “ukuu” para “mainline”.
  • Opções que controlam a verificação da conexão com a Internet.
  • Opção para incluir ou ocultar kernels de pré-lançamento.
  • Todas as opções do GRUB foram removidas.
  • Todos os botões de doação, links e caixas de diálogo foram removidos.
  • Fonte Cruft foi removida.
  • Melhor comportamento do diretório temporário e do cache.
  • Melhor comportamento de notificação na área de trabalho.

No futuro, o desenvolvedor espera introduzir mais mudanças, como fazer com que o processo de notificação de bg detecte quando o usuário entra e sai da sessão por si mesmo, ele salvará e restaurará as dimensões da janela e moverá o código de notificação/dbus para o aplicativo e ele fará um “modo de miniaplicativo”.

Como instalar ou atualizar o Ubuntu Mainline Kernel Installer

Para instalar a versão mais recente do yyy nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Como instalar o Ubuntu Mainline Kernel Installer no Ubuntu e derivados

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.