Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Ventoy 1.0.40 lançado com suporte de persistência para Arch e Fedora

E foi lançado o Ventoy 1.0.40 com suporte de persistência para Arch e Fedora. Confira as novidades e veja como instalar esse utilitário.

Ventoy, uma ferramenta para criar um drive USB inicializável simplesmente copiando o ISO para o USB. Ele está disponível para Microsoft Windows e Linux e pode criar drives USB inicializáveis ​​contendo arquivos ISO do Linux e do Windows.

Você precisa instalar o Ventoy em um drive USB, então toda vez que você quiser criar um drive USB inicializável, tudo que você precisa fazer é copiar o ISO para o USB.

Não há necessidade de formatar a unidade USB. Você pode copiar quantos arquivos ISO desejar (até mesmo ISOs combinados do Windows e Linux) e, ao inicializar a partir do USB, Ventoy mostra uma lista de arquivos ISO disponíveis, permitindo que você inicialize a partir daquele que você selecionar.

Além do mais, como você não precisa formatar a unidade USB, pode continuar a usá-la para outros fins. Então você pode copiar outros arquivos para o USB, e não vai interferir no Ventoy.

Para completar, o Ventoy suporta tanto legado quanto UEFI Secure Boot, tem suporte persistente para algumas distribuições Linux, tem suporte para instalação automática (para distribuições Windows e Linux que suportam isso) e suporta arquivos ISO maiores que 4 GB.

Além disso, como dito antes, você pode atualizar o Ventoy sem ter que reformatar o disco USB.

Agora, o Ventoy foi atualizado para a versão 1.0.40, trazendo suporte para a criação de drives USB persistentes para Fedora e Arch Linux (incluindo ArchMan, ArchBang, BlackArch, etc. )

Novidades do Ventoy 1.0.40

Ventoy 1.0.40 lançado com suporte de persistência para Arch e Fedora
Ventoy 1.0.40 lançado com suporte de persistência para Arch e Fedora

O Ventoy 1.0.40 mais recente adiciona suporte de persistência para Fedora e Arch Linux (incluindo ArchMan, ArchBang, BlackArch, etc.).

O desenvolvedor Ventoy observa que isso foi testado para Fedora/Arch Linux usando archlinux-2021.03.01-x86_64.iso e Fedora-Workstation-Live-x86_64-33-1.2.iso.

É importante observar que para criar um USB persistente usando Ventoy para Arch Linux ou Fedora, você precisará definir o rótulo da imagem de persistência como vtoycow ao criá-lo usando CreatePersistentImg.sh (parte de Ventoy).

Também é importante notar que o sistema é mais lento ao usar persistência do que inicializar um ISO normal.

Outras mudanças no Ventoy 1.0.40 incluem:

  • Suporte para instalação automática RHEL6/CentOS6
  • Limpe a tecla de entrada antes de mostrar o menu principal
  • Corrigir um bug ao inicializar um arquivo ISO especial do Windows/WinPE
  • Adicionada solução alternativa para Ventoy não inicializar de um novo laptop baseado em Intel Tiger Lake

Para saber mais sobre essa versão do Ventoy, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o Ventoy

Os arquivos do programa podem ser baixados na página GitHub do projeto.

Para instalar no Linux, baixe extraia o arquivo Ventoy.tar.gz e você encontrará 3 pastas, bem como 2 scripts, Ventoy2Disk.sh para instalar Ventoy em uma unidade USB e CreatePersistentImg.sh para criar uma imagem persistente para usar com Ventoy.

Por fim, para saber como instalar usar o Ventoy, verifique sua documentação.

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.