VPN Brasil – Como escolher um provedor confiável

Entenda a importância do serviço de VPN nos dias atuais. Veja os requisitos para escolher um provedor de VPN confiável, rápido e seguro.

Para aumentar a segurança de uma conexão é imprescindível usar uma VPN, e nesse artigo, você verá uma série de itens que podem ajudá-lo nessa importante tarefa de escolher um provedor confiável.

Hoje em dia, ninguém mais está seguro ao navegar na internet: em julho deste ano, o Presidente da República, Jair Bolsonaro, foi alvo de ataques virtuais e teve seu celular invadido por hackers. Estamos cada vez mais vulneráveis e os crimes cada vez mais frequentes e sofisticados.

vpn brasil como escolher um provedor confiavel - VPN Brasil - Como escolher um provedor confiável
VPN Brasil – Como escolher um provedor confiável

Conforme pesquisas, o brasileiro passa acima de 9 horas diárias navegando na internet, sendo que o país é o segundo do ranking dos que mais gastam tempo nas redes sociais: cerca de 220 minutos por dia. O dado mais preocupante é que em torno de 90% desse público acessa a internet pelo celular, geralmente através de uma conexão Wi-Fi pública ou via rede de dados da operadora de telefonia móvel. Adicionalmente, a maioria dos smartphones não dispõem de software antivírus, nem tampouco de um serviço de VPN.

Por que utilizar um serviço de VPN ao navegar na internet?

1) Segurança

O primeiro ponto a ser considerado é a segurança ao enviar e receber dados na rede.

Um provedor de VPN confiável opera com o conceito de “tunelamento”, ou seja, quando você acessa a internet utilizando o serviço, os dados são previamente criptografados, encapsulados e transmitidos ao destino através de um “túnel”, onde não é possível a visualização ou intercepção. Dessa forma, todo o seu movimento na internet se torna sigiloso e livre do alcance dos criminosos virtuais.

2) Privacidade

Um bom provedor de VPN investe fortemente na aquisição, ampliação e manutenção de servidores, espalhados em diferentes partes do mundo.

Quando você acessa o serviço, seu IP real é substituído por um endereço de IP localizado em um dos servidores em determinado ponto do planeta. Dessa forma, você navega na internet sem jamais ser reconhecido por sua verdadeira identidade.

E, se por algum motivo o serviço de VPN se desconectar, você conta com a garantia contra vazamento de DNS (Domain Name System) também conhecida como kill switch- ou “botão de desligar”. Essa funcionalidade garante que a conexão com a internet seja completamente interrompida caso aconteça alguma falha na VPN. Assim, seu DNS não fica exposto, nem seu dispositivo passível de invasões.

Note que nem todos os provedores oferecem esse recurso. É de suma importância avaliar se essa opção está inclusa no pacote contratado.

Requisitos para escolher um bom provedor de VPN no Brasil

1) Credibilidade

A lista de provedores disponíveis no mercado é ampla. No entanto, alguns fatores são cruciais na hora de avaliar um serviço de qualidade, a começar pela quantidade de servidores. Quanto mais opções a empresa oferecer, mais serão as alternativas de localizações, bem como múltiplos endereços de IP ao redor do mundo, garantindo seu anonimato e privacidade. Igualmente, você pode assumir que esse provedor está preocupado em investir continuamente na prestação de um serviço e atendimento de qualidade, o que não podemos afirmar sobre os serviços gratuitos.

Aliás, um bom serviço de VPN no Brasil precisa prestar um atendimento em português, via chat ou telefone, assim como disponibilizar informações claras e precisas em seu site ou blog para os usuários brasileiros em sua língua nativa.

2) Velocidade

Outro ponto fundamental – principalmente para quem vai utilizar a VPN para assistir a Netflix americana, baixar torrents ou acessar o YouTube – é o desempenho. Tanto o serviço de streaming quanto a plataforma de vídeos demandam uma estrutura robusta, capaz de suportar formatos pesados. O provedor de VPN precisa garantir uma velocidade de download bastante rápida.

Assim, também é preciso avaliar a largura de banda ou bandwidth, que é uma medida de capacidade. Está relacionada à quantidade de acessos simultâneos que os servidores podem suportar sem que fiquem congestionados.

3) Flexibilidade

Por fim, você deve avaliar se o provedor de VPN permite o acesso em diferentes dispositivos simultaneamente, ou seja, se com o pacote contratado você pode utilizar o serviço em seu computador pessoal, no smartphone, no tablet, no laptop e até mesmo no console de jogos.

O que está sendo falado no blog

No Post found.

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo