Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

WINE 5.11 lançado com Mono atualizado e arquiteturas antigas removidas

O projeto Wine anunciou o lançamento do Wine 5.11 com Mono atualizado e arquiteturas antigas removidas. Confira as novidades e veja como instalar ou atualizar.

O Wine (Wine Is Not an Emulator, ou Wine não é um emulador) é um software livre e de código aberto, que tem como objetivo permitir que os aplicativos desenvolvidos para Microsoft Windows possam ser executados no Linux, Mac, FreeBSD e Solaris.

WINE 5.11 lançado com Mono atualizado e arquiteturas antigas removidas
WINE 5.11 lançado com Mono atualizado e arquiteturas antigas removidas

Sendo um pouco mais técnico, o Wine é uma camada de compatibilidade que traduz as chamadas do sistema Windows para o Linux e usa algumas bibliotecas do Windows, na forma de arquivos .dll.

Por conta disso, esse programa é muito importante para ex-usuários do sistema operacional Windows ou para qualquer pessoa que ainda precisa usar os aplicativos desse sistema no Linux.

Agora, como a cada duas semanas desde que o modelo ou a frequência de atualização foi alterada, a equipe de desenvolvedores lançou o WINE 5.11.

Novidades do Wine 5.11

A versão 5.10 deste software “sem emulação” para aplicativos Windows em sistemas como o Linux, trazia novos recursos, como uma nova biblioteca Unix para NTDLL, mas também para corrigir muitos bugs.

O WINE 5.11 também introduz muitas mudanças, mas nas notícias mais notáveis ​​eles apenas nos falam sobre o habitual 5-6.

Dos 5 novos recursos destacados, além do sexto que lida com a correção de erros, o que talvez mais se destaca é o primeiro: o mecanismo WINE Mono foi atualizado para a versão 5.1.0, que inclui suporte para a biblioteca WpfGfx.

Quanto às correções, eles fizeram um total de 57, mas esta atualização fez um total de 348 alterações. O que você tem abaixo é a lista das notícias mais destacadas que aparecem na nota de lançamento.

Resumindo, os destaques do WINE 5.11, são os seguintes:

  • O mecanismo Mono foi atualizado para a v5.1.0, com suporte para a biblioteca WpfGfx.
  • Mais trabalho na biblioteca Unix separada para NTDLL.
  • Início da implementação do driver do kernel do NetIO.
  • Suporte inicial para a API do Ticket de Impressão.
  • Eliminação da arquitetura obsoleta do PowerPC de 32 bits.
  • Várias correções de bugs.

Para saber mais sobre essa versão do WINE, acesse a nota de lançamento.

Se, até o momento, não há surpresas, a próxima versão será o WINE 5.12. Ele chegará na próxima sexta-feira, 3 de julho e, entre suas inovações, a implementação do driver do kernel do NetIO e várias centenas de outras pequenas alterações deverão continuar a melhorar.

Como instalar ou atualizar o Wine 5.11

Para instalar a versão de desenvolvimento do Wine (instável), use esse tutorial:
Experimente os novos recursos do Wine mais rápido com Wine Staging no Ubuntu, Debian, Mint e Fedora

Para instalar o Wine estável, use esse tutorial:
Como instalar a versão mais recente do Wine

Para instalar a versão mais recente do Wine nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Como instalar a versão mais recente do Wine no Linux
Como instalar a versão mais recente do Wine no Ubuntu, Debian e derivados
Veja como instalar o Wine no Ubuntu 18.04 LTS ou superior e derivados

O que está sendo falado no blog

Post Views: 7
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.