Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Wine 5.7 lançado com um novo driver USB e outras melhorias

O projeto Wine anunciou o lançamento do Wine 5.7 com um novo driver USB e outras melhorias e recursos. Confira as novidades e veja como instalar ou atualizar.

O Wine (Wine Is Not an Emulator, ou Wine não é um emulador) é um software livre e de código aberto, que tem como objetivo permitir que os aplicativos desenvolvidos para Microsoft Windows possam ser executados no Linux, Mac, FreeBSD e Solaris.

Wine 5.7 lançado com um novo driver USB e outras melhorias
Wine 5.7 lançado com um novo driver USB e outras melhorias

Sendo um pouco mais técnico, o Wine é uma camada de compatibilidade que traduz as chamadas do sistema Windows para o Linux e usa algumas bibliotecas do Windows, na forma de arquivos .dll.

Por conta disso, esse programa é muito importante para ex-usuários do sistema operacional Windows ou para qualquer pessoa que ainda precisa usar os aplicativos desse sistema no Linux.

Agora, o Wine 5.7 foi lançado como o mais recente lançamento quinzenal de desenvolvimento e vem com várias melhorias.

Desde que seus desenvolvedores decidiram lançar uma nova versão a cada duas semanas, o número total de alterações foi ligeiramente reduzido, ou pelo menos esse foi o caso em termos de novos recursos em destaque.

Novidades do Wine 5.7

Há 15 dias, eles lançaram a versão 5.6 deste software “sem emulação” para aplicativos Windows com mais de 400 alterações e ontem, 24 de abril, lançaram o Wine 5.7 mencionando 6 novas funções, entre as quais um novo driver USB se destaca para melhorar o suporte com todos os tipos de dispositivos e periféricos.

O Wine 5.7 corrigiu um total de 38 bugs, mas também fez 413 pequenas alterações, que você pode ler no log de alterações do WineHQ.org, e que melhorarão bastante a experiência do usuário ao executar aplicativos e jogos do Windows em sistemas operacionais como os baseados no Linux.

Abaixo você encontra a lista das notícias mais destacadas que chegaram com esta versão.

Confira abaixo os destaques do Wine 5.7:

  • O mecanismo Wine Mono foi atualizado para a versão 5.0.0, com suporte para o WPF mais recente.
  • Mais progresso no back-end WineD3D Vulkan.
  • Princípios de um driver para dispositivos USB.
  • Suporte para construir com Clang no modo MSVC.
  • Módulos integrados não são mais dependentes da libwine.
  • Suporte para configurar versões do Windows na linha de comando.
  • Várias correções de bugs.

A próxima versão já será um Wine 5.8 que, se não houver surpresas, deve chegar na próxima sexta-feira, 8 de maio. Espera-se que, para essa versão, eles continuem avançando no suporte do driver para dispositivos USB e melhorando a confiabilidade, estabilidade e compatibilidade com aplicativos Windows.

Como instalar ou atualizar o Wine 5.7

Agora, os usuários interessados ​​podem instalar o Wine 5.7 a partir do código fonte, disponível neste endereço.

Pacotes binários também estão disponíveis neste outro endereço, onde também há instruções para adicionar um repositório e instalar o software em sistemas como o Ubuntu (o repositório oficial do Focal Fossa ainda não foi adicionado), Debian e Fedora, também existem opções para o Android e macOS.

Para instalar a versão de desenvolvimento do Wine (instável), use esse tutorial:
Experimente os novos recursos do Wine mais rápido com Wine Staging no Ubuntu, Debian, Mint e Fedora

Para instalar o Wine estável, use esse tutorial:
Como instalar a versão mais recente do Wine

Para instalar a versão mais recente do Wine nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Como instalar a versão mais recente do Wine no Linux
Como instalar a versão mais recente do Wine no Ubuntu, Debian e derivados
Veja como instalar o Wine no Ubuntu 18.04 LTS ou superior e derivados

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.