Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Wine 6.4 lançado com suporte para o protocolo DTLS e mais

O projeto Wine lançou o Wine 6.4 com suporte para o protocolo DTLS e mais. Confira as novidades e veja como instalar ou atualizar.

O Wine (Wine Is Not an Emulator, ou Wine não é um emulador) é um software livre e de código aberto, que tem como objetivo permitir que os aplicativos desenvolvidos para Microsoft Windows possam ser executados no Linux, Mac, FreeBSD e Solaris.

Sendo um pouco mais técnico, o Wine é uma camada de compatibilidade que traduz as chamadas do sistema Windows para o Linux e usa algumas bibliotecas do Windows, na forma de arquivos .dll.

Por conta disso, esse programa é muito importante para ex-usuários do sistema operacional Windows ou para qualquer pessoa que ainda precisa usar os aplicativos desse sistema no Linux.

Agora, a equipe do Wine anunciou o novo lançamento de desenvolvimento Wine 6.4 com novos recursos e várias correções de bugs.

Novidades do Wine 6.4

Wine 6.4 lançado com suporte para o protocolo DTLS e mais
Wine 6.4 lançado com suporte para o protocolo DTLS e mais

Wine 6.4 traz suporte DTLS inicial (Datagram Transport Layer Security) para o código Secur32. O DTLS fornece segurança semelhante ao TLS, embora seja projetado para software baseado em datagrama com UDP.

O DTLS no Windows é usado por softwares como Cisco AnyConnect, OpenConnect, NetScaler e também pode ser usado por navegadores como Google Chrome e Firefox para WebRTC.

Além disso, o Wine 6.4 também traz suporte a Fontset para DirectWrite, uma caixa de diálogo para editar entradas de controle de acesso, suporte de temas para alguns controles mais comuns, suporte para a codificação Wansung coreana e 38 correções de bugs conhecidos.

As correções de bug presentes no Wine 6.4 afetam softwares que vão desde NVIDIA PhysX a jogos como Soldiers of Anarchy, Final Fantasy XI Online e The Witcher 3.

Para saber mais sobre essa versão do WINE, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o Wine

Os usuários interessados ​​já podem instalar o WINE a partir do código-fonte, disponível neste e neste outro endereço, ou nos binários que podem ser baixados aqui.

No link onde podemos baixar os binários, também há informações para adicionar o repositório oficial do projeto para receber esta e outras atualizações futuras assim que estiverem prontas para sistemas como Ubuntu/Debian ou Fedora, mas também para Android e macOS.

Para instalar a versão de desenvolvimento do Wine (instável), use esse tutorial:
Experimente os novos recursos do Wine mais rápido com Wine Staging no Ubuntu, Debian, Mint e Fedora

Para instalar o Wine estável, use esse tutorial:
Como instalar a versão mais recente do Wine

Para instalar a versão mais recente do Wine nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Como instalar a versão mais recente do Wine no Linux
Como instalar o Wine no Fedora, CentOS, RHEL e derivadosComo instalar a versão mais recente do Wine no Ubuntu, Debian e derivados
Veja como instalar o Wine no Ubuntu 18.04 LTS ou superior e derivados

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.