Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

WINE 7.14 lançado com correções e 260 alterações

E foi lançado o Wine 7.14 com correções e 260 alterações. Confira as novidades e veja como instalar no Linux.

O Wine (Wine Is Not an Emulator, ou Wine não é um emulador) é um software livre e de código aberto, que tem como objetivo permitir que os aplicativos desenvolvidos para Microsoft Windows possam ser executados no Linux, Mac, FreeBSD e Solaris.

Sendo um pouco mais técnico, o Wine é uma camada de compatibilidade que traduz as chamadas do sistema Windows para o Linux e usa algumas bibliotecas do Windows, na forma de arquivos .dll.

Por conta disso, esse programa é muito importante para ex-usuários do sistema operacional Windows ou para qualquer pessoa que ainda precisa usar os aplicativos desse sistema no Linux.

Agora, pontual como um relógio suíço e como a cada duas semanas, a WineHQ lançou o WINE 7.14.

Novidades do Wine 7.14

WINE 7.14 lançado com correções e 260 alterações
WINE 7.14 lançado com correções e 260 alterações

Embora algumas distribuições o incluam em seus repositórios oficiais, esses tipos de lançamentos são versões de desenvolvimento, sendo a versão estável mais atualizada o WINE 7.

As compilações de desenvolvimento recebem muito mais atualizações e, durante o ano em que estão preparando as coisas para o lançamento estável, podem melhorar algo que valha a pena atualizar.

Quanto ao que veio junto com o WINE 7.14, não podemos dizer que é o lançamento mais emocionante de sua história: 19 bugs foram corrigidos, mas 260 alterações foram feitas.

Mais uma vez, o número total de mods caiu abaixo de 300 no WINE 7.14, o que é médio, mas negativo. Uma razão pode ser que a maioria dos desenvolvedores envolvidos no desenvolvimento do WINE são de um hemisfério norte, onde atualmente é verão.

No total, o WineHQ destacou quatro das mudanças no WINE 7.14, com o último ponto usual onde eles sempre mencionam “correções de bugs diversos”: mais progresso foi feito na interface syscall para USER32, fontes no DirectWrite e algumas correções para fechamento de soquetes.

Para saber mais sobre essa versão do WINE, acesse a nota de lançamento.

A próxima versão será um WINE 7.15 que chegará em 13 de agosto. Se muitos de seus desenvolvedores estiverem de férias, é provável que tenhamos novamente um lançamento que não atinja 300 alterações.

Como instalar ou atualizar o Wine

O Wine 7.14 está disponível para download agora no site oficial, se você quiser compilá-lo.

Na página de download há informações de como instalar esta e outras versões em sistemas operacionais como Debian e Ubuntu, mas também pode ser instalada em Android e macOS.

Caso contrário, você deve esperar até que ele chegue aos repositórios de software estáveis ​​de sua distribuição GNU/Linux favorita para atualizar.

ou

Os usuários interessados ​​já podem instalar o WINE a partir do código-fonte, disponível neste e neste outro endereço, ou nos binários que podem ser baixados aqui.

No link onde podemos baixar os binários, também há informações para adicionar o repositório oficial do projeto para receber esta e outras atualizações futuras assim que estiverem prontas para sistemas como Ubuntu/Debian ou Fedora, mas também para Android e macOS.

Para instalar a versão de desenvolvimento do Wine (instável) no Ubuntu, abra um terminal e faça o seguinte:

Se o seu sistema for de 64 bits, habilite a arquitetura de 32 bits (se ainda não tiver):
sudo dpkg --add-architecture i386

Baixe e adicione a chave do repositório:
wget -nc https://dl.winehq.org/wine-builds/winehq.key
sudo mv winehq.key /usr/share/keyrings/winehq-archive.key

Adicione o repositório, de acordo com a versão do seu sistema Ubuntu (ou derivado):
Ubuntu 22.04
wget -nc https://dl.winehq.org/wine-builds/ubuntu/dists/jammy/winehq-jammy.sources
sudo mv winehq-jammy.sources /etc/apt/sources.list.d/

Ubuntu 21.10
wget -nc https://dl.winehq.org/wine-builds/ubuntu/dists/impish/winehq-impish.sources
sudo mv winehq-impish.sources /etc/apt/sources.list.d/

Ubuntu 20.04/Linux Mint 20.x
wget -nc https://dl.winehq.org/wine-builds/ubuntu/dists/focal/winehq-focal.sources
sudo mv winehq-focal.sources /etc/apt/sources.list.d/

Ubuntu 18.04/Linux Mint 19.x
wget -nc https://dl.winehq.org/wine-builds/ubuntu/dists/bionic/winehq-bionic.sources
sudo mv winehq-bionic.sources /etc/apt/sources.list.d/

Atualize as informações dos pacotes:
sudo apt update

Em seguida, instale o Development branch do Wine:
sudo apt install --install-recommends winehq-devel

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.