Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Como instalar o cliente itch no Linux Ubuntu, Fedora, OpenSuSe e derivados

Se você está procurando uma versão desktop do serviço de jogo itch, veja como instalar o cliente itch no Linux Ubuntu, Fedora, OpenSuSe e derivados.

Lançado em março de 2013 pela Leaf Corcoran, Itch.io é um site que oferece uma maneira simples de encontrar e compartilhar jogos indie on-line.

Como instalar o cliente itch no Linux Ubuntu, Fedora, OpenSuSe e derivados
Como instalar o cliente itch no Linux Ubuntu, Fedora, OpenSuSe e derivados

Mesmo funcionando online, Itch.io possui também um cliente desktop. Mas o objetivo desse aplicativo não é substituir o site itch.io.

Na verdade, o programa procura oferecer ao usuário um aplicativo de desktop que ele possa baixar e executar jogos de itch.io com.

Além disso, nele também é possível atualizar os jogos e ser notificado quando eles forem atualizados.

Como instalar o cliente itch no Linux Ubuntu, Fedora, OpenSuSe e derivados

É possível instalar o cliente itch no Linux Ubuntu, Fedora, OpenSuSe e derivados, para isso, siga um dos procedimentos abaixo.

Como instalar o cliente itch no Linux Ubuntu, Debian, Mint e derivados

Quem quiser instalar o programa no Linux Ubuntu, Debian e outros sistemas que suportam arquivos .deb, deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome itch.deb:

wget https://github.com/itchio/itch/releases/download/v23.6.3/itch_23.6.3_i386.deb -O itch.deb

Passo 4. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome itch.deb:

wget https://github.com/itchio/itch/releases/download/v23.6.3/itch_23.6.3_amd64.deb -O itch.deb

Passo 5. Agora instale o programa com o comando:

sudo dpkg -i itch.deb

Passo 6. Caso seja necessário, instale as dependências do programa com o comando:

sudo apt-get install -f

Passo 7. Depois, se precisar desinstalar o programa, use esse comando:

sudo apt-get remove itch

Como instalar o programa no Linux Fedora, OpenSUse, CentOS e derivados

Quem quiser instalar o programa no Linux Fedora, OpenSUse, CentOS e outros sistemas que suportam arquivos .rpm, tem de fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome itch.rpm:

wget https://github.com/itchio/itch/releases/download/v23.6.3/itch_23.6.3_i386.deb -O itch.rpm

Passo 4. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome itch.rpm:

wget https://github.com/itchio/itch/releases/download/v23.6.3/itch_23.6.3_amd64.deb -O itch.rpm

Passo 5. Para instalar em um openSUSE ou um de seus derivados, use o comando abaixo:

sudo zypper install itch.rpm

Passo 6. Para instalar em um Fedora, RedHat e seus derivados, use o comando abaixo:

sudo yum localinstall itch.rpm

ou

sudo dnf install itch.rpm

Passo 7. Para instalar o programa na maioria das distro com suporte a arquivos RPM, use o comando:

sudo rpm -i itch.rpm

Passo 8. Depois, se precisar desinstalar o programa, use esse comando:

sudo rpm -e itch*

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, use o atalho dele ou digite itch em um terminal, seguido da tecla TAB.

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.