Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Conheça o AMP, a iniciativa de código aberto do Google para melhorar a web

Se você sonha em poder navegar sites mai rapidamente no seu celular, conheça o AMP, a iniciativa de código aberto do Google para melhorar a web.

A web cresceu, ficou cheia de recursos e… ficou mais lenta. No meio de tantas tecnologia, a velocidade passou a ser um problema. Mas existe uma solução, e ela vem do Google.

Conheça o AMP, a iniciativa de código aberto do Google para melhorar a web
Conheça o AMP, a iniciativa de código aberto do Google para melhorar a web

A conhecida tecnologia AMP (Accelerated Mobile Pages) é uma das muitas iniciativas de código aberto do Google, que, neste caso, busca melhorar a visualização da Web móvel.

Conheça o AMP, a iniciativa de código aberto do Google para melhorar a web

Especificamente, ao expressar a frase “melhorar a visualização da web móvel”, pretende-se atingir o objetivo de melhorar a velocidade de carregamento de sites em dispositivos móveis inteligentes.

O Google e outras pessoas envolvidas em tal tecnologia, cientes de que a navegação nesses dispositivos móveis inteligentes já excede a navegação de computadores, pelo menos em muitas partes do mundo, se esforçaram para fornecer os recursos e/ou instalações para que existem sites menos ou menos otimizados para visualização nesses dispositivos móveis.

O que é AMP?

Citando o próprio site do projeto, chamado AMP Dev, esta tecnologia é:

“Uma estrutura HTML de código aberto (Framework) que fornece uma maneira direta de criar páginas da Web que são rápidas, suaves e priorizam a experiência do usuário acima de tudo.”

O que o torna uma ferramenta valiosa para a criação de projetos web grandes e bem-sucedidos, focados na mobilidade.

E citando um estudo realizado por uma empresa chamada Kissmetrics:

“Se após 3 segundos uma página da Web não aparecer corretamente em seus terminais móveis, 40% dos usuários ficarão sem paciência e, no final, verifique a página ou a deixe prematuramente.”

E é aí que a Tecnologia AMP se concentra, para que, através dos mecanismos ou processos técnicos disponíveis para programadores ou responsáveis ​​pelos sites, eles possam otimizar seu desempenho para melhor visualização em dispositivos móveis inteligentes.

E tudo isso geralmente ocorre porque, entre outras coisas, a AMP Technology usa:

  • Um HTML5 modificado, com marcadores e elementos adicionais.
  • Uma biblioteca JavaScript que gerencia o carregamento de recursos externos para renderização melhor e mais rápida.
  • Uma rede de distribuição de conteúdo (CDN) que armazena o conteúdo das páginas no cache de diferentes BDs na nuvem.

Vantagens do AMP

Com a tecnologia AMP, você pode obter ou obter os seguintes recursos ou benefícios nas páginas da web que a utilizam:

  • Carregue páginas 85% mais rápidas enviadas ao AMP em comparação com o formato convencional.
  • Obtenha cargas completas e bem-sucedidas de uma web em até um segundo.
  • Reduza o consumo de dados para um nível 10 vezes menor, diminuindo também o consumo de energia das baterias em dispositivos móveis.
  • Melhore a qualidade da experiência do usuário na Web, o que provavelmente aumenta o número de visitas e a permanência do usuário nela.
  • Aumente o posicionamento orgânico (SEO), porque a velocidade de carregamento do conteúdo e sua fácil visualização, principalmente em dispositivos móveis, favorecem a avaliação positiva deles, no algoritmo do Google.

Desvantagens

  • A limitação de poder incorporar determinados objetos, como vídeos ou botões específicos, como botões para links para redes sociais. Isso ocorre porque só é possível usar tags HTML permitidas ou equivalentes, e tags como tags, como “objeto” ou “quadro”, não podem ser usadas.
  • O aumento da complexidade do código HTML5 normal, uma vez que os componentes necessários para usá-lo, o tornam mais complexo, para os menos preparados em termos de manipulação ou compreensão desses códigos.
  • O aumento no tamanho das páginas criadas, devido ao aumento da marcação necessária e à restrição de impedir o carregamento de folhas de estilo CSS externas.

A tecnologia AMP criada pelo Google é suportada por outras grandes empresas da Internet, como Twitter, Facebook e outras menores, que geralmente são focadas principalmente no campo de publicação de conteúdo, sites de notícias. no favorito para melhorar o desempenho de seus respectivos sites.

Conclusão

Espero que a tecnologia AMP possa melhorar a web em telefones celulares, seja de grande interesse e utilidade para toda a “Comunidade de software livre e de código aberto” e de grande contribuição para a disseminação do maravilhoso, gigantesco e crescente ecossistema de aplicativos de e para o Linux.

Aliás, o AMP é suportado pelo Blog do Edivaldo. Se você quiser ver o site em sua vesão mobile, basta acessar o endereço www.edivaldobrito.com.br/amp. Apesar de se voltado para mobile, o endereço também pode ser acessado em um navegador de desktop. Confira!

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.