Intel anunciou formalmente as CPUs Whiskey Lake e Amber Lake Low-Power

Confira os detalhes do anúncio das CPUs Whiskey Lake e Amber Lake Low-Power voltadas para dispositivos de baixa potência!

A Intel anunciou formalmente as CPUs Whiskey Lake e Amber Lake Low-Power voltadas para dispositivos de baixa potência. Confira os detalhes do anúncio.


O processador é o principal componente de qualquer dispositivo computacional. E nos últimos anos ele tem ido além da simples função de processar informações.
Intel anunciou formalmente as CPUs Whiskey Lake e Amber Lake Low-Power
Intel anunciou formalmente as CPUs Whiskey Lake e Amber Lake Low-Power

As versões mais recentes dessas peças trazem alto poder de processamento junto com recursos para diminuir o consumo de energia.

Essa evolução é continua e cada dia traz mais opções para que os fabricantes de hardware possam criar produtos úteis para seus usuários. Um bom exemplo disso, é o mais recente lançamento da Intel.

Intel anunciou formalmente as CPUs Whiskey Lake e Amber Lake Low-Power

A Intel anunciou seus novos processadores “Whiskey Lake” da série U e “Amber Lake” da série Y para laptops, 2-em-1/conversíveis e outros dispositivos de baixa potência.

Esses CPUs Whisky Lake e Amber Lake oferecem Gigabit WiFi integrado via Intel Wireless-AC e estão sendo comercializados como “otimizados para conectividade”, com os chips não sendo muito diferentes dos outros processadores Kabylake Refresh.

A Intel diz que esses novos chips de baixo consumo vão oferecer uma melhoria de 10% em relação ao Kabylake-R.

As partes do Whiskey Lake incluem o Core i3 8145U como dual-core com turbo de 3.9GHz, parte do Core i5 8265U como quad-core e turbo de 3.9GHz, ou o Core i7 8565U como quad-core, mas com um turbo de 4.6GHz.

Todos esses três processadores possuem o Intel UHD Graphics 620. O i7-8565U possui um TDP padrão de 15 Watt e 8 MB de SmartCache.

As peças do Amber Lake, como no Core M3-8100Y, Core i5 8200Y e Core i7 8500Y, são todas de núcleo duplo, com frequências turbo máximas de 3.4GHz a 4.2GHz, enquanto ostentam o HD Graphics 615.

Esses processadores da Amber Lake têm um TDP de 5 Watt. Todas essas partes permanecem baseadas em um processo de 14nm (“14nm ++”).

Mais detalhes sobre essas novas CPU’s estão no site da Intel. Espera-se que as novas CPUs comecem a aparecer nos dispositivos no próximo mês.

Usuários do Linux não precisam se preocupar, pois a Intel já entrega a compatibilidade com essas CPU’s. Então, para ter o suporte ao Whisky/Amber Lake no Linux, basta usar ​​um com o kernel e atualizações mais recentes.

O que está sendo falado no blog



blog comments powered by Disqus