Conheça o IPFS, um sistema de arquivos avançado com tecnologia P2P e Blockchain

Conheça um pouco mais sobre o IPFS, um sistema de arquivos avançado com tecnologia P2P e Blockchain que tem um grande potencial!

Neste artigo você conhecerá um pouco mais sobre o , um sistema de com P2P e Blockchain qu tem um grande potencial.

O IPFS promete promover uma Web distribuída, uma vez que é um protocolo de hipermídia P2P (Ponto a Ponto – Pessoa a Pessoa) projetado para tornar a Web mais rápida, segura e mais aberta.

ipfs um sistema de arquivos avancado com tecnologia p2p e blockchain - Como instalar o jogo MMORPG Eternal Lands no Linux via Flatpak
o IPFS, um sistema de arquivos avançado com tecnologia P2P e Blockchain

Conheça o IPFS, um sistema de arquivos avançado com tecnologia P2P e Blockchain

Esse sistema deve seu nome ao acrônimo da frase em inglês, Interplanetary File System, que em português significa Sistema de Arquivos Interplanetários, e que na verdade, é um sistema de arquivos avançado com tecnologia P2P e Blockchain.

Como a tecnologia Blockchain, que ainda é desconhecida para muitos, o IPFS suportado por ela, é ainda mais. Mas isso é cada vez mais mencionado no campo tecnológico, pois representa a transformação da Internet, como a conhecemos hoje.

Assim, esse IPFS, poderia complementar ou substituir o atual Protocolo de Transferência de Hipertexto (HTTP), que atualmente é o único, e executa globalmente transferências de informações na nuvem (web).

Portanto, o IPFS visa transformar o poder atual da Internet com base em servidores centralizados em uma web totalmente distribuído a Tecnologia P2P e blockchain.

Para fazer isso, torne-se um sistema de arquivos distribuído, com diretórios e arquivos, que pode conectar todos os dispositivos de computador e conteúdo digital, globalmente, ao mesmo sistema de arquivos.

Em seu site oficial, há muitas informações úteis sobre essa tecnologia, e também em seu site oficial no GitHub. No entanto, entre os mais destacados que se pode dizer sobre isso, estão os seguintes:

  • Seu objetivo é tornar a web mais rápida, segura e mais aberta.
  • Ele usa tecnologias de criptografia no nível do sistema de arquivos.
  • É uma arquitetura completamente descentralizada do zero.
  • Permite a criação de aplicativos totalmente distribuídos.
  • É um sistema de arquivos global que pode ser montado usando a tecnologia FUSE.
  • O conteúdo vinculado ao uso do HASH garante sua autenticidade.
  • Ele combina o uso de tecnologias, como Blockchain, Kademlia, BitTorrent e Git.
  • Protocolo de distribuição hipermídia, direcionado por conteúdo e identidades.
  • Possui um serviço de nomes chamado IPNS, que é um sistema de nomes inspirado no SFS.
  • Sua operação se assemelha a um enxame de um único bittorrent trocando objetos git.
  • É modular, porque suporta muitas camadas de trabalho com diferentes funcionalidades e tecnologias.
  • Web dual, ou seja, permite visualizar documentos como na web tradicional, ou seja, através da rota HTTP clássica, em “https://ipfs.io/” ou da maneira moderna em navegadores ou aplicativos, no formato “ipfs://URL” ou “dweb:/ipfs/URI”.

Funcionamento do IPFS

O IPFS é um sistema de arquivos distribuído que garante sua disponibilidade permanente, permitindo a existência de várias cópias nos diferentes nós que suportam a rede.

Ele gerencia as comunicações com base no conteúdo tratado, substituindo o nome (endereço IP ou URL) como atualmente, fornecendo um modelo de armazenamento em bloco para conteúdo de alto desempenho, com hiperlinks endereçáveis ​​para seu conteúdo.

Além disso, ele usa identificadores IPFS vinculados a um hash de conteúdo criptográfico, o que garante de maneira criptográfica, que representa o conteúdo desse arquivo como original, até sua próxima modificação, por menor que seja.

Isso traz como benefício a proteção do conteúdo contra manipulação não autorizada e sua degradação, ou seja, favorece a imutabilidade do conteúdo.

Por fim, entre muitas outras coisas interessantes sobre essa tecnologia, existe o fato de que, como uma rede de nós, mitiga ou cancela falhas de acesso ao conteúdo, pois se a comunicação com o conteúdo hospedado em um nó do nó falhar rede, você pode acessá-lo em outro.

Além disso, as comunicações IPFS geralmente são mais eficientes, pois a transmissão por vários nós simultaneamente é permitida.

Instalação do IPFS

Para baixar os arquivos de origem ou instaladores de multiplataforma disponíveis (Windows, MacOS e Linux) e executar o procedimento para instalar e usar seus diferentes aplicativos, você pode começar consultando o IPFS Desktop no GitHub, ou, use o procedimento abaixo:
Como instalar o IPFS Desktop no Linux via AppImage

Conclusão

Espero que esta publicação seja útil, e que o IPFS realmente seja, um sistema de arquivos avançado com tecnologia P2P e Blockchain com uso e escopo globais seja de grande interesse e utilidade, para toda a comunidade de software livre e de código aberto e de grande contribuição para a disseminação do maravilhoso, gigantesco e crescente ecossistema de aplicativos de e para o Linux.

O que está sendo falado no blog

<a href="https://www.edivaldobrito.com.br////” rel=”noopener noreferrer” target=”_blank”>Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo