Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

kernel 5.8 lançado oficialmente – Confira as novidades e veja como instalar

Linus Torvalds anunciou oficialmente o lançamento do Kernel 5.8. Confira os detalhes e veja como instalar essa versão do kernel.

Quando falamos sobre o kernel, basicamente estamos falando sobre o coração de um sistema Linux, ou o núcleo do sistema e que o torna o que ele é.

Por ser um pouco mais técnico, pode-se dizer que o Kernel é o principal responsável por prover os diferentes programas com acesso seguro ao hardware do computador ou, de forma básica, é responsável pelo gerenciamento dos recursos, através dos serviços de chamadas do sistema.

Entre as funções básicas e gerais de um kernel, temos:

  • A comunicação entre os programas que solicitam recursos e o hardware.
  • Gestão dos diferentes programas de computador (tarefas) de uma máquina.
  • Gerenciamento de hardware (memória, processador, periférico, armazenamento, etc.)

No Linux, o kernel é chamado Linux e seu desenvolvimento é mantido pela grande comunidade de desenvolvedores de todo o mundo, que fornecem valiosas linhas de código a partir de seu tempo livre ou para o trabalho.

Agora, Linus Torvalds anunciou oficialmente a disponibilidade geral da série 5.8 do kernel Linux, que ele chamou de “um dos maiores lançamentos de todos os tempos”.

O kernel Linux 5.8 entrou em desenvolvimento há cerca de dois meses, durante o qual recebeu um total de sete marcos do RC (Release Candidate).

Na semana passada, Linus Torvalds estava indeciso se um oitavo candidato a lançamento é necessário ou não, mas parece que é o último, quando ele decidiu lançar o kernel Linux 5.8 em estado bruto.

Mas, pesar de apelidá-lo como “um dos maiores lançamentos de todos os tempos” quando ele anunciou o primeiro Release Candidate, o kernel 5.8 do Linux 5.8 não é tão grande assim.

Novidades do Kernel 5.8

kernel 5.8 lançado oficialmente - Confira as novidades e veja como instalar
kernel 5.8 lançado oficialmente – Confira as novidades e veja como instalar

Entre as muitas novas alterações no kernel 5.8 do Linux, há o suporte a Branch Target Identification (BTI) para ARMv8.5, suporte para Shadow Call Stack na arquitetura AArch64 (ARM64), uma nova chamada de sistema faccessat2(), suporte de criptografia em linha para o bloco, suporte à compactação LZO-RLE no sistema de arquivos F2FS, bem como uma nova opção initrdmem=boot para especificar uma imagem de disco RAM inicial.

   

O Linux 5.8 também inclui dezenas de drivers atualizados para melhor suporte de hardware.

Os destaques incluem suporte para sensores de energia baseados no AMD RAPL MSR, suporte para controladores AMD SPI, suporte para decodificadores de vídeo Rockchip, suporte para sensores OmniVision OV2740 e suporte para controladores de entrada de vídeo Nvidia Tegra.

A lista continua com suporte para várias instâncias privadas no sistema de arquivos /proc, um novo mecanismo de notificação de eventos, uma nova API de alocação de buffer que promete facilitar aos desenvolvedores a gravação de drivers de rede XDP e o Kernel Concurrency Sanitizer (KCSAN) detector dinâmico de corrida de dados para o espaço do kernel.

Em termos de segurança, esta versão vem com atenuações para a vulnerabilidade de hardware Special Register Buffer Data Sampling (SRBDS), também conhecida como CrossTalk, que afeta certos processadores Intel, um novo mecanismo para revogar mapeamentos em /dev/mem quando um driver de dispositivo assume um intervalo de memória sobreposto, e uma nova funcionalidade CAP_PERFMON.

Como instalar ou atualizar o Kernel Kernel 5.8

Se você é um mantenedor de SO e geralmente envia kernels mais recentes em seus repositórios de software, é altamente recomendável fazer o download e compilar esta versão de primeiro ponto para suas arquiteturas suportadas, para que os usuários possam atualizar para ela o mais rápido possível.

Como sempre, o Linux Lite geralmente está entre os primeiros a instalar o kernel do Linux 5.6, e claro, que os usuários do Arch Linux não estão muito atrás.

Como de costume, você pode fazer o download do último Release Candidate do Linux kernel Kernel 5.8 a partir do kernel.org

No entanto, lembre-se de que isso atualmente está marcado como um kernel “principal”, o que significa que ainda não está pronto para implantações em massa ou para uso em ambientes de produção.

Ou use um desses tutoriais:
Usando o Ubuntu Kernel Update Utility para atualizar o kernel do Ubuntu
Como instalar a versão mais recente do Kernel nos sistemas baseados em RPM

E se depois você quiser remover os kernel antigos, use esse tutorial:
Como remover kernels antigos no Ubuntu ou Linux Mint com segurança

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Publicidade