Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Mozilla Firefox 79 já está disponível para download! Veja onde baixar!

E foi lançado o Firefox 79 já está disponível para download, com o novo recurso de exportação de senha. Confira as novidades e veja como instalar no Linux.

O Mozilla Firefox é o navegador padrão do Ubuntu e de outros sistemas Linux, e geralmente, a última versão do Firefox fica disponível como uma atualização de segurança em todas as versões suportadas das principais distribuições Linux, pouco depois de algumas horas do anúncio da Mozilla, para alegria de seus usuários.

Agora, o navegador Mozilla Firefox 79 já está disponível para download antes do lançamento oficial de amanhã, com um novo sistema de exportação de senhas e várias outras melhorias.

O Firefox 79 entrou no teste beta público no final de junho de 2020, logo após a Mozilla lançar o Firefox 78 como a mais nova série ESR (Extended Support Release).

Desde então, o novo lançamento recebeu um total de nove versões beta, que trouxeram apenas algumas mudanças no amado navegador da web.

Novidades do Firefox 79

Mozilla Firefox 79 já está disponível para download! Veja onde baixar!
Mozilla Firefox 79 já está disponível para download! Veja onde baixar!

Um dos novos recursos mais interessantes do Firefox 79 é a capacidade de exportar senhas e logins salvos para um arquivo CSV sem precisar instalar uma extensão de terceiros como o FF Password Exporter, que vi em vários tutoriais da Web.

Sim. Agora você pode desinstalar mais um complemento do navegador Firefox para torná-lo mais leve, pois o novo recurso de exportação de senha foi implementado no componente Firefox Lockwise.

Para acessá-lo, clique no menu do hambúrguer e, em seguida, em Logins e senhas ou simplesmente através de about:logins.

Na guia Firefox Lockwise, clique nos três pontos no lado direito da tela, próximo ao botão “Fazer login na sincronização” e, em seguida, na entrada “Exportar logins” no menu de contexto.

Clique no botão “Exportar” na caixa de diálogo de aviso e salve suas senhas e logons em um arquivo CSV que você poderá importar posteriormente em outro navegador.

No entanto, ao usar esse recurso, lembre-se de que salvar suas credenciais em um arquivo CSV as torna legíveis para qualquer pessoa que tenha acesso ao arquivo exportado.

O arquivo CSV exportado está em texto sem formatação e não é criptografado, portanto, tenha cuidado com quem tem acesso a ele.

Outra novidade do Firefox 79 é a segunda iteração do recurso ETP (Enhanced Tracking Protection), que agora o protegerá automaticamente de cookies indesejados de terceiros.

Fora isso, o mecanismo de renderização em 2D baseado na GPU WebRender foi ativado para mais arquiteturas, como os laptops da AMD.

O WebRender não é ativado por padrão nas construções do Linux, mas você pode tentar configurando a preferência gfx.webrender.all como true em about:config.

Mais detalhes sobre isso podem ser vistos nesse endereço.

A Mozilla lançará oficialmente o Firefox 79 em 28 de julho de 2020, mas se você não puder esperar até amanhã para atualizar o navegador da Web, poderá fazer o download dos binários de 32 ou 64 bits agora mesmo no servidor de download principal.

Com instalar o Firefox 79

Como de costume, você pode fazer o download da versão mais recente do Firefox no site oficial, mas, como sempre, recomendo que você atualize suas instalações dos repositórios de software estáveis ​​da sua distribuição favorita do Linux quando os pacotes do Firefox aparecerem.

Para instalar a versão estável do Firefox Flatpak, use esse tutorial:
Quer experimentar a versão Flatpak do Firefox? Veja como!

Já os usuários do Linux de distros que não suportam flatpak terão que esperar essa versão do Firefox chegar aos repositórios de software estáveis ​​de suas distribuições favoritas do Linux.

A nova versão estará no repositório oficial do Ubuntu e outras distros em breve. Até lá, quem quiser se adiantar (ou não), deve usar uma das opções abaixo.

Para instalar a versão mais recente do Firefox em qualquer distribuição Linux, use esse tutorial:
Firefox no Linux: veja como instalar manualmente

Se você precisa de um Firefox estável e que suporta plugins abandonados pela versão principal do navegador, veja como instalar o Firefox ESR no Linux manualmente.
Firefox ESR no Linux – veja como instalar manualmente

Já se você usa o Ubuntu ou um derivado dele e atualizou o sistema, e a nova versão não apareceu, siga os passos deste tutorial e resolva seu problema.
Firefox no Ubuntu: veja como manter o navegador atualizado

E se você quiser experimentar as últimas versões do Firefox no Ubuntu, dê uma olhada nesse tutorial:
Como experimentar as últimas versões do Firefox no Ubuntu

Você também pode instalar o programa usando esse outro tutorial:
Como instalar o navegador Firefox no Linux via Snap

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.