Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Postfix 3.7 lançado com suporte aos recursos da API OpenSSL 3

E foi lançado o Postfix 3.7 com suporte aos recursos da API OpenSSL 3, e mais. Confira as novidades e veja como instalar no Linux.

O Postfix é um agente de transferência de correio (MTA) gratuito e de código aberto que roteia e entrega correio eletrônico. Projetado por Wietse Venema, o Postfix é um servidor de e-mail construído com a segurança em mente e projetado especificamente para substituir o Sendmail.

O Postfix tenta ser rápido e seguro, ao mesmo tempo em que é compatível com o sendmail o suficiente para não incomodar os usuários existentes.

Devido à sua arquitetura modular baseada em pipeline, o Postfix é versátil e se integra facilmente com muitos outros serviços, como processamento de spam e antivírus, bem como com software de armazenamento de mensagens, como o servidor Dovecot IMAP e POP3.

Além disso, o Postfix também é bastante eficiente em termos de recursos. Hoje em dia, muitos ISPs estão usando ele para lidar com milhões de mensagens por dia.

Agora, foi lançado o Postfix 3.7.

Novidades do Postfix 3.7

Postfix 3.7 lançado com suporte aos recursos da API OpenSSL 3
Postfix 3.7 lançado com suporte aos recursos da API OpenSSL 3

Começamos com o fato de que a nova versão deste MTA amplamente utilizado adiciona suporte para inline o conteúdo de small cidr:, pcre: e regexp: tabelas em valores de parâmetro Postfix.

Para quem não sabe, o Postfix usa tabelas de pesquisa para armazenar e pesquisar informações para controle de acesso, reescrita de endereço e até mesmo para filtragem de conteúdo.

Todos os itens acima significam que o Postfix 3.7 agora oferece ainda mais flexibilidade para configurá-lo. Por exemplo, você pode usar o novo valor padrão smtpd_forbidden_commands, CONNECT GET POST regexp:{{/^[^A-Z]/ Thrash}}, para descartar rapidamente conexões de clientes que enviam lixo.

A versão mais recente do popular agente de transferência de correio, Postfix 3.7, torna o recurso maillog_file ainda mais útil.

Hoje em dia, o registro está se tornando uma parte importante de quase todos os serviços.

Desde o Postfix 3.4, o servidor de e-mail oferece suporte a log embutido disponível através da diretiva de configuração maillog_file. Com o Postfix 3.7, esta opção se torna ainda mais poderosa.

O comando postlog agora é set-gid postdrop, para que programas sem privilégios possam usá-lo para gravar logs por meio do daemon postlogd.

O Postfix 3.7 é fornecido com a defesa atualizada contra clientes ou servidores remotos que “permitem” o tráfego SMTP ou LMTP, com base em prazos por solicitação e taxas de dados mínimas.

O novo parâmetro smtpd_per_record_deadline limita o tempo combinado para o servidor SMTP Postfix receber uma solicitação e enviar uma resposta, enquanto os novos parâmetros {smtp,lmtp}_per_record_deadline limitam o tempo combinado para o cliente SMTP ou LMTP Postfix enviar uma solicitação e receber uma resposta.

Além dos recursos de segurança incluídos nesta versão, não podemos deixar de mencionar que o Postfix foi atualizado para oferecer suporte aos recursos da API OpenSSL 3.0.0 e para contornar o bit-rot do OpenSSL 3.0.0.

Para saber mais sobre essa versão do Postfix, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o Postfix

O Postfix faz parte dos repositórios padrão da maioria das distribuições. Portanto, você pode instalar ou atualizar ele simplesmente usando a ferramenta de gerenciamento de pacotes do seu sistema Linux.

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.