Ubuntu Linux já é suportado no Windows Subsystem for Linux 2 da Microsoft

Confira o anuncio de que o Ubuntu Linux já é suportado no Windows Subsystem for Linux 2 da Microsoft!

A Canonical anunciou que o Ubuntu Linux já é suportado no Windows Subsystem for Linux 2 da Microsoft. Confira os detalhes dessa inusitada parceria.

O Windows Subsystem for Linux (Subsistema Windows para Linux), ou simplesmente , é o nome dado a um módulo do sistema operacional Windows 10 que permite executar uma distribuição Linux dentro do Windows.

Ubuntu Linux já é suportado no Windows Subsystem for Linux 2 da Microsoft
Ubuntu Linux já é suportado no Windows Subsystem for Linux 2 da Microsoft

Ele serve para disponibilizar aos usuários um ambiente Linux compatível no sistema da Microsoft, para que estes possam executar programas nativos dos sistemas GNU/Linux dentro do próprio Windows, sem a necessidade de usar emuladores ou máquinas virtuais.

Agora, a Microsoft anunciou o Windows Subsystem for Linux 2 durante sua conferência anual Microsoft Build, e apresentou um kernel Linux capaz de fornecer todo o conjunto de funcionalidades necessárias para certificação corporativa, além de suporte a virtualização leve, trazendo o Ubuntu na WSL para o mesmo nível que os recursos do Azure e do AzureStack.

Microsoft lançou o Windows Subsystem for Linux 2 com melhorias de desempenho

yyy

Microsoft lançará um kernel Linux completo para o Windows 10

Ubuntu Linux já é suportado no Windows Subsystem for Linux 2 da Microsoft

Para completar, a Canonical anunciou que seu popular sistema operacional Ubuntu Linux agora é totalmente suportado na segunda geração da Microsoft do Windows Subsystem for Linux (WSL).

Sobre essa novidade, Kiko Reis, vice-presidente de nuvem da Canonical, disse o seguinte:

“A otimização do desempenho do Ubuntu no Azure e no WSL garante eficiência total para empresas que desenvolvem novos Linux em plataformas Microsoft. Nosso compromisso com atualizações de segurança para a pilha completa em qualquer nuvem ou virtualização se estende naturalmente a esse novo ambiente WSL.”


Para simplificar a experiência do desenvolvedor com sistemas de controle de versão e IDEs desenvolvidos para o sistema operacional Windows, o Ubuntu no WSL agora integra a funcionalidade de compartilhamento de arquivos do Windows, incluindo a integração do Active Directory (AD), bem como a integração com outros Serviços.

O diretor de produtos da Canonical, Stephan Fabel, disse em um comunicado que a empresa de Mark Shuttleworth trabalhou perto da Microsoft para certificar o Ubuntu Linux no Windows Subsystem para Linux (WSL), incluindo os contêineres Snaps, Kubernetes e Docker, para oferecer aos usuários um ambiente de computação ininterrupto para o Ubuntu.

Como dito antes, o Windows Subsystem for Linux traz uma camada de compatibilidade sobre o sistema operacional Windows 10 mais recente para permitir que os usuários executem nativamente os binários do Linux.

E agora ele possui um kernel compatível com Linux desenvolvido pela Microsoft e é compatível com vários sistemas operacionais Linux, incluindo o Ubuntu, o Debian, o OpenSuSE, o SUSE Linux Enterprise Server e o Kali Linux.

Além disso, o Windows Subsystem for Linux 2 é muito mais rápido que a primeira versão e promete suportar ainda mais aplicativos.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo