Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Firefox se tornará mais seguro apenas no Linux e macOS

A Mozilla informou que o Firefox se tornará mais seguro apenas no Linux e macOS, com a chegada da arquitetura de sandbox RLBox. Conheça e entenda.

Embora a Mozilla seja uma empresa e, certamente, sua principal motivação seja obter renda, parece que é verdade que se preocupa com a segurança e a privacidade de seus usuários.

Firefox se tornará mais seguro apenas no Linux e macOS
Firefox se tornará mais seguro apenas no Linux e macOS

Muitos dizem que o Firefox é um navegador muito seguro, e recentemente eles introduziram maior segurança com recursos como o ETP, que agora bloqueiam o software de rastros digitais (fingerprinting) e criptomoeda.

Em breve, o navegador da raposa será ainda mais seguro, pelo menos para alguns usuários. E os usuários que aproveitarão a nova tecnologia de segurança nas próximas semanas serão os do Linux e macOS.

Firefox se tornará mais seguro apenas no Linux e macOS

Acontece que o Firefox usa várias bibliotecas externas para renderizar áudio, vídeo e imagens, e essas bibliotecas podem ser exploradas por invasores para inserir código malicioso.

Para evitar isso, a Mozilla apresentará uma nova arquitetura leve de sandbox no seu navegador, uma RLBox que usa uma sandbox de montagem na Web para reduzir vulnerabilidades que podem nos afetar por meio de bibliotecas de terceiros.

Mas por enquanto, o RLBox tornará o Firefox mais seguro apenas no Linux e macOS.

O RLBox é uma tecnologia que fará com que os componentes do navegador fiquem em caixas de proteção seguras, para que os invasores não possam acessar ou explorar o sistema do usuário por meio das bibliotecas de terceiros mencionadas anteriormente.

Este é um método desenvolvido nas universidades da Califórnia e do Texas em colaboração com a equipe do Mozilla Firefox.

Atualmente, alguns navegadores como o Chrome isolam todos os aplicativos em um site ou a página inteira em sites como Google ou Amazon para impedir ataques entre páginas.

Por outro lado, o Firefox usa um nível de processos de sandbox e a linguagem de programação leve Rust para evitar qualquer problema de segurança.

O método que chegará nas próximas semanas irá ainda mais longe.

A nova tecnologia de segurança já está disponível nas versões Linux e macOS do navegador dos canais Beta e Nightly, ou seja, no Firefox 74 e 75.

Como instalar o Firefox Beta no Linux manualmente
Como instalar o Firefox Nightly no Linux manualmente
Portanto, podemos aproveitá-lo a partir do próximo dia 3 de março, se eles decidirem lançá-lo na próxima versão, ou em 7 de abril, no caso estranho de decidirem adiar o lançamento por algum motivo.

Enfim, nesse caso, os usuários do Windows ainda terão que esperar um pouco mais.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.