Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

FuryBSD 20200907 lançado com base no FreeBSD 12.1-RELEASE-p9

Joe Maloney anunciou o lançamento do FuryBSD 20200907 com base no FreeBSD 12.1-RELEASE-p9. Confira as novidades e descubra onde baixar esse sistema.

O FuryBSD é um sistema operacional de código aberto voltado para desktop baseado no FreeBSD que apresenta os desktops Xfce e KDE Plasma.

Ele é uma tentativa de reviver o espírito de outros projetos do passado baseados no FreeBSD fáceis de usar (por exemplo, PC-BSD e TrueOS), mas também adiciona conveniência adicional na forma de uma imagem híbrida USB/DVD.

O projeto fornece imagens live separadas com os desktops Xfce e KDE Plasma. O FuryBSD é de uso gratuito e pode ser distribuído gratuitamente sob a licença BSD.

Agora, Joe Maloney anunciou a disponibilidade de um novo conjunto de lançamentos do FuryBSD, o FuryBSD 20200907.

FuryBSD 20200907 ou FuryBSD 2020-Q3 foi lançado como o mais novo lançamento trimestral de recursos para esta distribuição BSD construída sobre o FreeBSD e focada em fornecer uma experiência de desktop agradável e que pode funcionar como um LiveDVD para experimentar o BSD de desktop sem instalação.

Novidades do FuryBSD 20200907

FuryBSD 20200907 lançado com base no FreeBSD 12.1-RELEASE-p9
FuryBSD 20200907 lançado com base no FreeBSD 12.1-RELEASE-p9

Para fornecer a experiência mais confiável possível e ao mesmo tempo preservar a integridade do sistema, o live CD agora aproveita a compactação ZFS, replicação, sistemas de arquivos de memória e reroot.

Sim. O LiveDVD agora está aproveitando o OpenZFS, incluindo sua compressão, reinicialização e funcionalidade de replicação, entre outros recursos.

O FuryBSD 2020-Q3 é baseado no FreeBSD 12.1-RELEASE-p9 upstream, vem com o driver NVIDIA 440 da série FreeBSD e o FreeBSD 4.16 KMOD, o Xfce 4.14 e agora está disponível como uma das opções de desktop ao lado do KDE, suporte VMSVGA para uso do VirtualBox 6, e outros pacotes atualizados.

Esta versão do FuryBSD também tem melhor suporte para laptop com manipulação aprimorada de touchscreen/trackpad.

   

Em resumo, as alterações presentes no FuryBSD 20200907 desde o 2020-Q2 são:

  • Baseado no FreeBSD 12.1-RELEASE-p9;
  • X.Org 1.20.8, driver NVIDIA 440.100, Xfce 4.14, Firefox 79.0;
  • Adicionada uma verificação de memória mínima do sistema de 4 GB para inicializar a imagem;
  • Substituiu UnionFS com memdisk ZFS compactado;
  • Adicionado o suporte VMSVGA para VirtualBox 6;
  • Substituida a imagem Poudriere com BSDinstall para corrigir problemas de atualização do freebsd após a montagem da imagem.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o FuryBSD 20200907

A imagem ISO do FuryBSD 20200907 já pode ser baixada acessando a página de download do sistema.

FuryBSD 20200907 é a primeira imagem ao vivo baseada em OpenZFS do mundo. As imagens continuam sendo rotuladas como “12.1” (para indicar que são baseadas no FreeBSD 12.1), mas também incluem um carimbo de data para diferenciá-las de qualquer build anterior do FuryBSD 12.1.

Separadamente, a página GitHub do projeto publicou novas imagens ISO “Continuous Build” com uma escolha de desktops Lumina, MATE e Xfce, disponíveis para arquiteturas x86_64 e i386.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.