Como instalar o reprodutor SER Player no Linux via appimage

Precisa assistir vídeos no formato SER? Conheça e veja como instalar o reprodutor SER Player no Linux via appimage!

Se você precisa assistir vídeos no formato SER, conheça e veja como instalar o reprodutor no Linux via appimage.

SER Player é um reprodutor de vídeo simples para reproduzir arquivos SER usados para geração de imagens astronômicas solar, lunar e planetária.

Como instalar o reprodutor SER Player no Linux via appimage
Como instalar o reprodutor SER Player no Linux via appimage

O SER Player é um escrito em C++ que usa a estrutura de plataforma cruzada do Qt para que possa ser construído para Windows, macOS e Linux.

Como instalar o reprodutor SER Player no Linux via arquivo AppImage

Para instalar o reprodutor SER Player no Linux via arquivo AppImage, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal (No Unity, use o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome serplayer.appimage:

wget https://github.com/cgarry/ser-player/releases/download/v1.7.2/SER_Player-v1.7.2-i386.AppImage -O serplayer.appimage

Passo 4. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome serplayer.appimage:

wget https://github.com/cgarry/ser-player/releases/download/v1.7.2/SER_Player-v1.7.2-x86_64.AppImage -O serplayer.appimage

Passo 5. Dê permissão de execução para o arquivo baixado;

chmod +x serplayer.appimage

Passo 6. Agora instale o programa com o comando;

sudo ./serplayer.appimage

Passo 7. Quando você inicia o arquivo pela primeira vez, será perguntado se deseja integrar o programa com o sistema. Clique em “Yes” (Sim) se quiser integrá-lo ou clique em “No” (Não), se não quiser. Se você escolher Sim, o iniciador do programa será adicionado ao menu de aplicativos e ícones de instalação. Se você escolher “No”, sempre terá que iniciá-lo clicando duas vezes no arquivo AppImage.

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite ser ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Integrando os aplicativos AppImage no sistema

Se você quiser integrar melhor esse programa no seu sistema, instale o AppImageLauncher, usando esse tutorial:
Como instalar o integrador AppImageLauncher no Linux

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo