Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Shotcut 20.02.17 lançado com mais opções de exportação e mais

E foi lançado o Shotcut 20.02.17 com mais opções de exportação, novo filtro de afinação de áudio e outros recursos. Confira todas as novidades e veja como instalar no Linux.

O Shotcut este é um excelente editor de vídeo, multiplataforma de código aberto, com muitos recursos, incluindo suporte para a TV 4K Ultra HD. Ele é um editor de vídeo não linear gratuito e multiplataforma, criado usando a estrutura MLT e aproveitando o poder do FFMepg.

Shotcut 20.02.17 lançado com mais opções de exportação e mais
Shotcut 20.02.17 lançado com mais opções de exportação e mais

Além de tudo isso, o programa pode trabalhar com um grande número de formatos de áudio e vídeo e codec, como AVI, M4A, MXF, VOB, FLV, MP4, M2T, MPG, MOV, OGG, WEBM e outros. Além disso, ele também suporta muitos formatos de imagem, como BMP, GIF, JPEG, PNG, SVG, TGA, TIFF, bem como seqüências de imagens.

O mais surpreendente é que o programa é fácil de usar e oferece inúmeras funções e recursos para editar e gerenciar seus vídeos com apenas alguns cliques do mouse.

O Shotcut é compatível com os formatos de vídeo, áudio e imagem, pois utiliza o FFmpeg e pode usar complementos com a implementação de efeitos de vídeo e áudio compatíveis com o Frei0r e LADSPA.

Agora, uma nova versão do editor de vídeo de código aberto Shotcut está disponível para download, Shotcut 20.02.17.

Confira abaixo o que tem de novo nessa versão.

Novidades do Shotcut 20.02.17

A última versão estável é o Shotcut 20.02.17 (sim, o número da versão é uma data), que adiciona um novo recurso notável: escala de visualização de baixa resolução.

Embora tenha um som grandioso, essa alteração permite que os editores visualizem o vídeo na tela em uma resolução menor do que a que planejam exportar.

A visualização de vídeo em uma resolução mais baixa oferece vários aprimoramentos de desempenho, pois o computador não precisa trabalhar tanto.

Esta nova opção pode ser acessada em Settings > Preview Scaling (“Configurações” > “Visualizar escala”). Aqui, quem edita em um monitor de alta resolução ou em um computador mais poderoso pode escolher entre várias resoluções de visualização, incluindo 720p.

Embora esse recurso provavelmente seja popular entre os editores de vídeo e criadores de conteúdo, os desenvolvedores do Shotcut dizem que o dimensionamento da visualização não é uma “cura mágica, mágica para problemas de desempenho”.

“Esse recurso será mais benéfico quando proxies de baixa resolução forem usados, planejado para a versão 20.04 em abril”, acrescentam.

Além disso, o editor também agora possui a capacidade de usar a escala de visualização para exportar uma cópia de ‘rascunho’ de composições.

Em outros lugares, o editor de vídeo não linear adiciona um novo filtro de afinação de áudio com opção de compensação de velocidade.

Os usuários que procuram mais transições podem brincar com transições foscas usando vídeo em escala de cinza, além de imagens em escala de cinza.

Confira abaixo as outras alterações presentes no Shotcut 20.02.17:

  • Pré-visualização com resolução mais baixa;
  • Nova ferramenta “Escopo do vetor”;
  • Mais predefinições de exportação, incluindo o ProRes HQ;
  • Novo filtro de afinação de áudio;
  • Lavagem aprimorada;
  • Transições foscas;
  • Correções de bugs.

Para saber mais sobre essa versão do Shotcut, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o Shotcut 20.02.17

Para instalar a versão mais recente do Shotcut nas principais distribuições Linux, use esse tutorial:
Como instalar o editor de vídeo Shotcut no Linux manualmente
Como instalar o editor de vídeos Shotcut no Linux via Flatpak
Como instalar o editor de vídeos Shotcut no Linux via AppImage
Como instalar o editor de vídeos Shotcut no Ubuntu

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.