Tails 2.0 Beta 1 já está disponível para download

Foi lançada recentemente Tails 2.0 Beta 1, uma distribuição focada em privacidade e anonimato. Conheça mais um pouco sobre ela e descubra onde baixá-la.
Tails 2.0 Beta 1 já está disponível para download
Tails ou Incognito Live System é uma distro baseada no Debian. Essa distribuição roda em modo live (através de um pendrive USB, cartão SD ou DVD) e não deixa rastros quando você se comunica pela internet, pois o sistema criptografa tudo que for possível, usando ferramentas de criptografia para criptografar seus arquivos, e-mails e mensagens instantâneas.

O objetivo principal dessa distribuição é preservar a sua privacidade e anonimato, para ajudá-lo a usar a Internet de forma anônima e se necessário, burlar a censura. Nelas, todas as conexões à Internet são forçados a ir passar pea rede Tor. Assim, não fica nenhum rastro no computador que você está usando, a menos claro, que você peça isso explicitamente.


Veja também


Tails 2.0 será a primeira versão do Tails baseado em Debian 8 (Jessie). A mudança mais visível no Tails 2.0 Beta 1 é a migração para o GNOME Shell, configurado no modo Classic. Este ambiente de trabalho fornece uma substituição moderna e ativamente desenvolvida para o envelhecimento GNOME “Flashback”. GNOME Shell também abre o caminho para um melhor suporte a dispositivos touchscreen no futuro.



Sob o capô, uma incrível quantidade de código foi portada para tecnologias mais modernas. Por exemplo, todos os serviços personalizados do sistema estão mais difíceis de serem explorados, graças ao uso de namespaces Linux, criado pelo systemd. Além disso, a maneira como Tails informa ao usuário que “Tor está pronto”, agora é mais precisa.

Outros assuntos

Conheça melhor a distribuição Tails

Para saber mais sobre a distribuição Tails, clique nesse link.
Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse o changelog.

Baixe e experimente o Tails 2.0 Beta 1

A imagem ISO do Tails 2.0 Beta 1 já pode ser baixada acessando o link abaixo:
Tails 2.0 Beta 1

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:
Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação

Via Sysads

O que está sendo falado no blog hoje

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.

Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br